Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leonor e o Cromossoma do Amor

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Leonor e o Cromossoma do Amor

01
Fev19

O Início de Fevereiro

Neuza

O nosso mês de fevereiro começou super bem.

Eu voltei a fazer a minha depilação a laser díodo e confesso que já tinha imensas saudades de não sentir qualquer tipo de dor na depilação, por isso, para mim foi importante. Para não falar que para me sentir bem comigo própria foi um retomar mais que esperado.

Foi também o dia da consulta no pediatra. Desde os 4 meses que não íamos ao mesmo e portanto as expectativas estavam altas. Ainda para mais quando nessa última consulta, a Leonor que sempre se tinha portado tão bem, se portou horrorosamente mal, ninguém percebeu muito bem o que se passou naquele dia.

No entanto, hoje voltamos a ter o nosso anjinho, estava super calma e sorridente e teve um comportamento exemplar.

Ficámos muito felizes, pois a Leonor, que na última consulta tinha 5 kg e tal e 61 cm, hoje apresentava quase 7 kg e 65 cm. Segundo o pediatra está ótima e dentro de um percentil considerado normal para a idade dela, até a nível da medição cefálica. Ou seja, está ótima e recomenda-se e é isto que todos os pais querem ouvir.

O pediatra adorou vê-la e mostrou-se bastante contente com o desenvolvimento que ela apresentava. Nós saímos da consulta com um sorriso de orelha a orelha e eu mantive o meu ritual de todos os pós-consultas da nossa pipoca que é ligar para os avós e bisavós. Sei que eles ficam à espera, ansiosos, que eu diga alguma coisa e se demoro muito a dar notícias são eles que me ligam.

A nível da alimentação, a Leonor vai poder começar a comer papas com glúten (como nos foi dito que estas crianças têm tendência a ter Doença Celíaca - intolerância ao glúten, tenho de estar bastante atenta), iogurtes naturais, carne, peixe e gema de ovo, bem como outras frutas. A partir dos 7 meses será para começar a fazer duas refeições completas (almoço e jantar).

Ora portanto, vamos ter várias coisas com que nos entreter, não só a nível da alimentação, como também em relação aos novos objetivos das terapias.

A verdade é que estamos muito contentes por este início de mês e também muito ansiosos com o que está por vir, ainda assim bastante confiantes.

Sei que tenho o João comigo para me apoiar sempre, de forma incondicional. E, de mãos dadas, continuamos a nossa caminhada juntamente com a nossa bebécas.

IMG-20190201-WA0016 n.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D