Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leonor e o Cromossoma do Amor

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Leonor e o Cromossoma do Amor

30
Jun19

Os 11 Meses Mais Especiais

Neuza

Pois é...e assim se passaram 11 meses desde o dia mais bonito da minha vida!

Confesso que me assusta bastante a rapidez com que o tempo está a passar e eu não me sinto preparada.

Têm sido 11 meses bastante desafiantes, com muitas lutas, muitas conquistas e principalmente com muito amor, carinho, confiança e apoio que tão importante tem sido para nós: o suporte de quem nos ama é sempre acolhedor!

A nossa Pipoquinha está cada vez mais bonita, está comprida e todos os dias tentamos que ela vença os seus obstáculos e que conquiste mais um bocadinho do que lhe é proposto.

Houve algumas coisas que ela já fazia e deixou de fazer (mas parece-me ser normal depois de conversar com outros pais).

Apesar de estar a desenvolver bem, acho que a nossa Princesinha começa a ficar um pouco estabilizada, isto porque penso que já deveria estar a fazer determinadas coisas que não está.

Bem sei que os bebés são todos diferentes e que não têm todos o mesmo tempo de aquisição de competências. Se este facto me assusta? Confesso que não.

Tenho aprendido que a nossa Pequenita tem o seu tempo para fazer e aprender e estou cá para a ajudar e ver a sair vitoriosa, mas no tempo dela, eu respeito-a!

Nunca tive muita paciência, no entanto, a chegada da Leonor ensinou-me a ser bastante paciente e devo dizer que estou a gostar de abrandar neste sentido.

Penso muitas vezes que quando estava em casa com ela, puxava muito mais por ela do que o que consigo fazer agora, mas não posso simplesmente deixar de trabalhar. Preciso de estar ativa, não só por ela, para lhe dar tudo o que ela precisa e tudo o que ela merece, como por mim: para estar bem com todos, para ser uma mãe positiva e saudável para a minha Lindona e porque eu sinto necessidade de trabalhar, não gosto de estar parada. Acima de tudo é importante para mim.

Sei que ela está bem de saúde, que é um bebé feliz e isso é o que mais me importa! Quando chego a casa e estou (quando ela já não está a dormir) na brincadeira com ela - em que a brincadeira é uma forma de puxar por ela sem que ela dê conta e sem estragar o nosso momento a duas - e vejo que aquele sorriso não abandona o rostinho da minha filhota, sei que ela está bem e que é muito feliz!

O que posso pedir mais a Deus? Apenas que continue a proteger e a acompanhar a minha bebécas.

65847333_355512181779095_4071796740850712576_n n.j

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D