Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Leonor e o Cromossoma do Amor

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Leonor e o Cromossoma do Amor

17
Fev20

Os 18 Meses da Pipoquinha

Neuza

Primeiro que tudo tenho de vos pedir desculpa, sei que tenho falhado aqui a escrever-vos, mas não é porque não quero, é porque é mesmo muito difícil gerir o meu tempo livre (que basicamente quase não existe) e é sempre mais fácil ir ao instagram mostrar que ainda estou viva, porque a realidade é que o tempo não tem sido muito!

Não sou blogger (nunca disse que o era), não tenho pretensão de o ser, aliás nem tenho jeito para isso, não tenho o dom da escrita, apenas gosto de partilhar a nossa história, os nossos momentos, as nossas vitórias, por isso criei o blog e sabem que se houver algum tema que gostassem que eu falasse aqui, eu falarei assim que me for possível, é só dizerem!

E talvez por isso, não sinta uma obrigação tão grande e é essa (muito provavelmente) a minha falha, tenho de arranjar mais tempo, mas acreditem que eu tento e falo imensas vezes em casa, em cá vir escrever-vos, mas há sempre qualquer coisa que não posso deixar por fazer ou tratar.

Agradeço de coração a quem continua aqui comigo, aliás connosco, porque continuo a sentir por parte de muitos todo o carinho que nos têm e principalmente que têm à Leonor.

E agora vamos falar de mim...no dia 27 de Janeiro fiz 31 anos. Quem me conhece sabe que eu adoro fazer anos. ADOROOOO!!! E não é pela festa, mas sim porque passou mais um ano de aprendizagens, de vitórias, mais um ano de vida...tento viver tudo da forma mais intensa possível e sou aquela mulher que acredita que com os anos a passar as mulheres ficam cada vez melhores (É preciso é que o maridão pense o mesmo).

Correu super bem, passei rodeada com amigos e no fim-de-semana seguinte com a família, como estamos longe, não nos é possível durante a semana, estarmos também com a nossa família! Foi dia também de levar a Leonor a fazer as análises que faz de forma semestral, para controlarmos principalmente, a tiroide!

Passado uns dias chegaram os resultados e as análises estavam ótimasssss. O alívio que é quando após as análises, em que esta mãe fica em apneia até ter os resultados na mão, abrir o documento e poder respirar porque está tudo bem. É sorrir e rir muito, é caírem lágrimas de alegria e agarrar na Pipoca e enchê-la de beijos. Depois é relaxar e aproveitar ao máximo os próximos 6 meses.

No dia 29, a minha Pequenita fez 18 meses (1 ano e meio???? WHATTTTTT????). Como assim? Ainda ontem nasceu, ainda ontem a ouvi chorar pela primeira vez, ainda ontem senti o seu cheirinho pela primeira vez, ainda ontem a segurei nos meus braços pela primeira vez, ainda ontem conheci o maior amor de todos pela primeira vez...ainda ontem me tornei MÃE e a verdade é que é extremamente cansativo, é sentirmo-nos impotentes quando eles estão doentes, é lindo e aterrador ao mesmo tempo (como eu costumo dizer é de uma bipolaridade fisiológica que nasce com uma mãe), mas é sem dúvida o melhor do Mundo!

No caso da minha Princesinha, 18 meses é altura de consultas. Ainda não fomos à consulta de pediatria geral (por assim dizer), mas já tivemos as consultas de desenvolvimento.

A Leonor está ótima (e não sou só eu que digo, são os 2 médicos de desenvolvimento que a seguem, segundo um deles: "Melhor é impossível!). A Leonor começou a andar aos 15 meses, teve ali uma paragem quando esteve internada porque esteve "presa" à cama, mas assim que pudemos calçá-la, recomeçou rapidamente a andar...e já diz imensas coisas, algumas vezes já vai construindo uma frase ou outra e tenta imitar tudo o que dizemos.

Nas terapias também tem estado bastante bem, pelo feedback das terapeutas e na escolinha, penso que anda "fresca" pelo que a educadora e a auxiliar da sala nos contam e a nível de desenvolvimento também está bastante bem. Natália e Raquel, se estiver enganada, digam-me! eheheh

A minha filhota é uma "esponja". Absorve tudo e é muito observadora, tem facilidade em aprender (pelo menos para já) e mais importante, pelo menos para mim, ela é extremamente interessada, é ela que quer mesmo aprender, fazer, superar-se. Parece que tem sempre algo a provar, mas apenas a ela própria. Aqui a mãe não tem pressa, eu sei que ela precisa de tempo, do tempo dela, não tenho pressas para nada. Eu só quero que ela seja feliz e fico imensamente contente de a ver conquistar a sua autonomia e independência. Eu luto pela inclusão, mas ela...ela conquista-a todos os dias e luta com mais força que eu!

É o meu orgulho! É impossível falar nela sem me emocionar, as lágrimas vêm sempre ter comigo, mas é tão bom, é de felicidade. Ainda hoje me pergunto que fiz eu para a merecer, porque me escolheu a mim quando há tantas mães melhores que eu? Obrigada filha, és tão pequenina e a melhor professora que me poderia ter calhado na vida.

OBRIGADAAAA MACAQUINHA DA MAMÃ <3

86969934_666654410747388_3681973736560394240_n.jpg

87000333_189983945583277_1487031988429783040_n.jpg

87025456_145885866455806_4579166875409186816_n.jpg

87061807_188315102420899_2828235006638292992_n.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D