Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leonor e o Cromossoma do Amor

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Este blog serve para vos falar um pouco da nossa vida enquanto pais de uma menina muito especial, pois tem o cromossoma do amor e na realidade foi isso mesmo que ela trouxe à nossa vida: muito amor!

Leonor e o Cromossoma do Amor

01
Mar19

Os 7 meses da Pipoca - A Adaptação ao Capacete

Neuza

É verdade, o tempo passa a correr e a nossa pipoquinha hoje faz 7 mesinhos. São os 7 meses mais lindos, mais completos, mais recheados de amor da minha vida.

Tenho andado um pouco ausente aqui do blog, mas porque tenho acompanhado ainda mais a minha princesa esta semana e chego ao fim do dia estafada e sem forças para mais nada a não ser um bom banho.

E  o que teve esta semana de diferente? O capacete.

Fez esta terça-feira passada, 1 semana que ela anda de capacete e só de há 2/3 dias para cá é que a coisa tem corrido bem. Foi uma semana muito difícil para as 2, para ela mais fisicamente, para mim mais emocionalmente de a ver "sofrer". Isto porque a adaptação não foi fácil, foi até complicada e ainda não estamos a 100%.

A nossa pequenita assim que lhe colocávamos o capacete dava em fazer birra e chorava imenso, via-se mesmo que estava incomodada e recusava-se a fazer o que quer que fosse. Ela, que sempre foi super alegre e bem disposta apresentava-se sempre tristinha e sem vontade de nada, nem nas terapias ela queria fazer os exercícios. Confesso que por momentos cheguei a arrepender-me de ter decidido colocar-lhe aquele "chapéu"! Mas tenho que pensar no futuro dela e isto não era uma opção, tinha mesmo de ser.

No entanto, como já referi anteriormente, de há uns dias para cá a nossa bebécas começou a tolerar melhor o seu novo adereço e voltou a ser a nossa menina bem disposta e alegre, graças a Deus! Já na terapia continua a não querer fazer grande coisa.

Tenho de admitir que estou cheia de medo que esta situação possa afetar o ótimo desenvolvimento que a minha filhota tem tido e é mesmo nessas alturas que questiono a nossa decisão. Tento não o fazer, só que é bem difícil por vezes.

Vamos continuar a nossa luta por cá, tenho de a motivar a ver se começa a responder aos exercícios da terapia, só ainda não descobri como...pelo menos tudo o que tentei até agora, nada resultou. Nestas alturas chego a sentir que estou a falhar como mãe, que não a estou a conseguir ajudar, quero muito estimulá-la e é o que tenho feito, embora não esteja a resultar, pelo menos por enquanto e é isso que me deixa triste e em baixo; o vê-la a ela tristinha, isso então "mata-me" por dentro, conscientemente sei que é um "mal" necessário.

Bem, uma semana já passou, veremos como correm as próximas, visto que teremos de conviver com o objeto estranho e identificado pelo menos 4/5 meses.

Hoje é o dia dela e é impossível não nos derretermos a olhar para ela, está tão linda e tão esperta...sem dúvida uma grande guerreira a lutar pelo seu futuro e demonstra-o todos os dias com o que está a aguentar porque sei que não está a ser fácil para ela, mas eu cá estou mais o pai dela para a continuarmos a amparar sempre que ela precisa.

Tudo por ti MEU AMOR MAIOR! Conta sempre connosco porque na realidade: és tu quem nos dá força e alento.

20190301_135830 n.jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D